Imóveis em Frederico Westphalen Imobiliária em Frederico Westphalen Aluguel em Frederico Westphalen Imóveis em Ametista imóvel Frederico Westphalen
Frederico Westphalen um lugar para Morar e Investir
Publicado em 26/03/2019
 
Frederico Westphalen, ou ” Barril” como ainda é conhecida por muitos é o
centro regional e o maior município da microrregião do
Médio Alto Uruguai.
 

Esta microrregião localizada ao Norte do Estado, é formada por 23
municípios, cuja população total atinge em torno de 180 mil habitantes num
raio de 80 km.


Acesso a Frederico Westphalen

Distando apenas 434 km de Porto Alegre (capital do estado), o acesso a
Frederico Westphalen se dá pelas BR 158-386 e RS 150 e 591. São Paulo e
Florianópolis tem voos diários para Chapecó no estado de Santa Catarina que
fica a 115 km de Frederico Westphalen.
Segundo uma pesquisa da
Revista Isto É, a  “Princesa do Médio Alto Uruguai” (como é denominada a
cidade de Frederico Westphalen), está na 22ª posição entre os
melhores municípios de pequeno porte
 que oferecem boa qualidade de vida aos
moradores. Economicamente a cidade se desenvolve através das indústrias na área metalúrgica, produtos em fibras de vidro, lapidação de pedras semipreciosas, fábrica de colchões e de ração, além de
atividades na área da agricultura.
Sua história

Situada em 264 km² da microrregião
do Médio Alto Uruguay
, e a uma altitude de 500 m acima do nível do mar, Frederico Westphalen
está próximo a um dos maiores remanescentes de Floresta Atlântica do Norte do
Estado do Rio Grande do Sul; o Parque Estadual
do Turvo, 
localizado no município de Derrubadas a 70 km de FW. Dentro do parque se
encontra o Salto do Yucumã, a
maior queda d’água longitudinal do mundo.


Frederico Westphalen também fica
localizado entre o Parque Florestal de Nonoai e a Reserva
Indígena de Nonoai
, uma das últimas reservas de mata nativa do estado; um
local rico em araucárias que se espalham nos 17.499 hectares do parque com
a segunda área protegida mais antiga do estado.


A colonização de FW teve início em 1905, com os primeiros desbravadores
que vieram atraídos pela caça. O local era parada dos viajantes que se
dirigiam às águas do mel, município
de Iraí
.

A Praça do Barril é onde tudo
começou. No local caiu um Barril de uma carroça dos carreteiros. Os
carreteiros, para aproveitarem o barril (que quebrou ao cair), tiveram a ideia
de colocá-lo debaixo de uma fonte que vertia de um córrego para 
saciar a sede dos viajantes que passavam pelo local.

Por muitos anos, o local ficou conhecido como “Barril”,  até ser
emancipada com o nome de Frederico
Westphalen: o engenheiro
 que colonizou a região sob o comando do
Governo do Estado.
Frederico Westphalen, ou ” Barril” como ainda é conhecida por muitos é o centro regional e o maior município da microrregião do Médio Alto Uruguai. Esta microrregião localizada ao Norte do Estado, é formada por 23 municípios, cuja população total atinge em torno de 180 mil habitantes num raio de 80 km.

Acesso a Frederico Westphalen
Distando apenas 434 km de Porto Alegre (capital do estado), o acesso a Frederico Westphalen se dá pelas BR 158-386 e RS 150 e 591. São Paulo e Florianópolis tem voos diários para Chapecó no estado de Santa Catarina que fica a 115 km de Frederico Westphalen. 

Veja neste artigo os pontos turísticos de Frederico Westphalen e outros que se destacam na microrregião do Médio Alto Uruguai.

Segundo uma pesquisa da Revista Isto É, a  “Princesa do Médio Alto Uruguai” (como é denominada a cidade de Frederico Westphalen), está na 22ª posição entre os melhores municípios de pequeno porte que oferecem boa qualidade de vida aos moradores. Economicamente a cidade se desenvolve através das indústrias na área metalúrgica, produtos em fibras de vidro, lapidação de pedras semipreciosas, fábrica de colchões e de ração, além de atividades na área da agricultura.

Sua história

Situada em 264 km² da microrregião do Médio Alto Uruguay, e a uma altitude de 500 m acima do nível do mar, Frederico Westphalen está próximo a um dos maiores remanescentes de Floresta Atlântica do Norte do Estado do Rio Grande do Sul; o Parque Estadual do Turvo, localizado no município de Derrubadas a 70 km de FW. Dentro do parque se encontra o Salto do Yucumã, a maior queda d’água longitudinal do mundo.Frederico Westphalen também fica localizado entre o Parque Florestal de Nonoai e a Reserva Indígena de Nonoai, uma das últimas reservas de mata nativa do estado; um local rico em araucárias que se espalham nos 17.499 hectares do parque com a segunda área protegida mais antiga do estado.A colonização de FW teve início em 1905, com os primeiros desbravadores que vieram atraídos pela caça. O local era parada dos viajantes que se dirigiam às águas do mel, município de Iraí.

Praça Barril – Frederico Westphalen /RS
A Praça do Barril é onde tudo começou. No local caiu um Barril de uma carroça dos carreteiros. Os carreteiros, para aproveitarem o barril (que quebrou ao cair), tiveram a ideia de colocá-lo debaixo de uma fonte que vertia de um córrego para saciar a sede dos viajantes que passavam pelo local.

Por muitos anos, o local ficou conhecido como “Barril”,  até ser emancipada com o nome de Frederico Westphalen: o engenheiro que colonizou a região sob o comando do Governo do Estado.

Sua população

Frederico Westphalen tem em torno de 31 mil habitantes, divididos entre as etnias: italiana, alemã, portuguesa e polonesa, sendo que os Kaigangs também fazem parte da colonização da cidade e são muito presentes na vida da comunidade.Em termos educacionais o município conta com duas instituições de Ensino Médio e Tecnológico; e quatro instituições de Ensino de Nível Superior. A URI (Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões) é uma Universidade multi campi tendo unidades em Erechim, Santo Angelo, Frederico, Santiago, Cerro Largo, e São Luiz Gonzaga, totalizando mais de 17  mil alunos matriculados nestes campis. A instituição tem três Polos e um Núcleo de Modernização Tecnológica, e seu curso de Direito é destaque no país.

Frederico Westphalen / RS – vista aérea Foto Philipe Gustavo Pires
O Coral da URI, regido pelo maestro Artemio Antonio Tibola, é formado por integrantes da comunidade e alunos da Instituição e realiza belíssimas apresentações em eventos municipais e outros na Região do Médio Alto Uruguai.

Onde ficar em Frederico Westphalen
Em termos de hospedagem, a cidade tem poucos, mas excelentes hotéis e algumas pousadas que atendem a todos os gostos dos visitantes.A Rua do Comércio, a principal da cidade e a mais movimentada, é onde se localiza a maioria dos hotéis e também a Praça da Matriz.
 
Voltar
 
Entrar em contato via WhatsApp!